Quem trabalhou durante o ano de 2016 e ganhou até dois salários mínimos, em média, por mês pode ter até R$ 954 esperando para ser sacado no banco. Segundo o Ministério do Trabalho, 1,8 milhão de trabalhadores ainda não resgataram o dinheiro do abono salarial do PIS/Pasep, o que corresponde a 7,46% do total de pessoas com direito ao recurso. O prazo para o saque vai até 28 de dezembro. Quem perde o prazo de saque do abono salarial fica sem o dinheiro, que vai para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). Porém, já houve casos de trabalhadores que conseguiram na Justiça o direito de receber o dinheiro após o fim do prazo….

Como saber se tenho direito? Para saber se tem direito ao abono salarial, é possível fazer a consulta das seguintes maneiras: PIS (trabalhador de empresa privada): no Aplicativo Caixa Trabalhador no site da caixa ( www.caixa.gov.br/PIS ), clique em “Consultar pagamento” pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207 pelo telefone 158 da central de atendimento do Ministério do Trabalho nos postos da Superintendência Regional do Trabalho, antiga DRT Pasep (servidor público): pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos) pelo telefone 158.

Abono de 2017 começou a ser pago em julho O abono salarial para quem trabalhou em 2017 começou a ser pago no final de julho. Atualmente, podem sacar o benefício trabalhadores de empresas privadas nascidos entre julho e dezembro e servidores públicos com final de inscrição entre “0” e “4”. Os demais devem esperar as próximas fases do calendário de pagamento, que vai até 28 de junho de 2019….