Fique esperto na hora de contratar o fotógrafo da sua festa!


abril 29, 2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Dicas,Empresas,Tecnologia



Produzir um evento sempre acarreta em muitos custos, seja ele um evento corporativo, casamento, festa de 15 anos, batizado, etc. Dentre os muitos gastos das festas, está o gasto com o Fotógrafo, afinal, para serem inesquecíveis, os momentos precisam de registros, não é mesmo?

O Fotógrafo é o profissional que é capaz de eternizar nossas memórias com muita criatividade e muita técnica, por isso, seu trabalho deve ser valorizado e temos que ter em mente que um bom fotógrafo nunca é tão barato.

Para fazer esse investimento e ter certeza de seu retorno, é preciso avaliar uma série de fatores. Por isso, fique ligado na hora de contratar o fotógrafo da sua festa!

Neste post, damos 7 dicas que vão fazer a diferença:

1 – Verifique a procedência do fotógrafo

Ser um fotógrafo requer muito profissionalismo. Quando você contrata um profissional para trabalhar daqui a 2 anos, você já pensou que ele precisa existir como empresa por pelo menos mais 24 meses?

Infelizmente vemos casos de pessoas que agem de má fé e deixam o cliente na mão no dia do evento. E isso já aconteceu com fotógrafos, bufês, empresas de decoração, etc.

Para evitar um problema desse, quanto mais você conhecer a procedência, mais tranquilo será contratar um fotógrafo.

Pergunte para seus amigos, peça indicações. Abuse do Google na hora de pesquisar por um fotógrafo na sua cidade ou região. Quando encontrar um profissional que você tenha gostado, entre em seu site, redes sociais, mande email, converse pessoalmente. Enfim, faça de tudo para estreitar o relacionamento com ele.

2 – Cuidado para não contratar um fotógrafo aventureiro.

Infelizmente algumas pessoas pensam que basta comprar uma câmera digital, criar um site, e sair por aí fotografando. Tome muito cuidado com os aventureiros.

A fotografia está em constante mudança e evolução. Você precisa de alguém dedicado e muito bem inteirado das últimas novidades e tecnologias para que seja possível receber um trabalho de qualidade.

3 – Pergunte ao fotógrafo se ele fotografa em RAW ou jpeg.

Talvez você não faça ideia do que é isso. Vamos explicar brevemente porque isso é importante.

RAW significa ‘cru’, em inglês. Imagens em RAW são livres de qualquer compressão. É como se fossem os “negativos” na época do filme. Elas ainda não foram ‘processadas’ pela câmera. O processamento será feito no computador. É muito mais fácil fazer o tratamento de uma foto tirada em RAW.

O jpeg já é uma imagem que foi processada pela própria câmera. É como se a câmera digital fosse o laboratório, e já te entregasse a foto pronta. Quando você joga a imagem em jpeg para o computador, ela não é mais o material bruto. É possível que você tenha perdido qualidade na imagem se tirou direto em jpeg.

Por isso é importante perguntar ao fotógrafo se ele tira as fotos em RAW.

4 – Envie ao fotógrafo fotos que você gosta: Sim ou não?

Muitas pessoas quando vão ser fotografadas gostam de entregar uma lista de poses, lugares, etc, para o fotógrafo.

Mas pense comigo: se você é um arquiteto, já pensou ser contratado por alguém que já tivesse um esboço de como ele quer o projeto? Ou se você é médico, já pensou seu paciente te trazendo algumas opções de medicamento que ele gostaria de tomar para curar o problema que está tendo?

A mesma coisa é com a fotografia. Por isso nós aconselhamos: não leve uma lista de fotos prontas para o fotógrafo. Isso limita sua criatividade. Muitos já irão, com jeitinho é claro, explicar que não trabalham dessa forma.

Isso não significa que você não possa falar com ele que gosta de fotos assim, ou assado. Mas deixe o profissional livre. Não tenha medo de achar as fotos ruins. Afinal, você já pesquisou pelo trabalho dele e sabe que é bom, não é verdade?

5 – Encontre com o fotógrafo pessoalmente.

Depois que você selecionou uma lista com os profissionais que você gostou, fica mais fácil contratar um fotógrafo para seu evento. O próximo passo é encontrar com eles e conhecer mais de perto o trabalho de cada um.

Empatia é fundamental nessas horas!

6 – Peça para ver um álbum completo

É normal que em um site de fotografia você se depare com as melhores fotos. Mas antes de contratar um fotógrafo, peça para ver alguns álbuns prontos dele antes.

Assim você consegue ver a qualidade do trabalho dele depois de passar por edições e estando já no papel.

7 – O que tem no pacote?

Para que você não tenha nenhuma surpresa depois de contratar um fotógrafo, entenda exatamente qual o trabalho que será realizado, e quanto você está pagando por isso.

O fotógrafo irá trabalhar durante quantas horas no evento? No pacote constam as fotos externas, bastidores, etc? O preço conta com álbum ou com vídeos do evento?

Isso tudo deve ser levado em consideração na hora do orçamento.

Com as nossas dicas, fica muito mais fácil não cair em cilada!

Comentários