Dedetização: como se livrar de insetos e roedores


abril 29, 2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Dicas



Com a chegada do verão, além dos dias de praia e sol, é preciso lidar também com algumas questões desagradáveis, como o calor intenso e a proliferação de insetos e pragas urbanas, como baratas, cupins, mosquitos, moscas, ratos, lacraias etc. Esses bichos gostam de locais quentes e úmidos, e essas condições são facilmente encontradas nos dias de verão, quando há calor durante o dia e chuvas no final da tarde.

Para acabar com as pragas urbanas, a melhor alternativa é contratar uma empresa de dedetização. Insetos e bichos não desejados causam transtorno, incômodo e perigo para a nossa saúde, já que podem colaborar para a contaminação de um ambiente e causar inúmeras doenças. Os ratos, por exemplo, podem transmitir a leptospirose através de sua urina, enquanto as baratas podem causar contaminação por viver em locais sem boas condições de higiene, como esgotos e fossas. Já os cupins podem destruir os armários e móveis de madeira, enquanto as formigas podem morder e causar uma coceira desconfortável, além de entrarem facilmente nos alimentos. Ou seja: a melhor maneira de evitar esses transtornos é tomando as medidas necessárias para evitar o surgimento desses bichos ou realizando o procedimento correto para exterminá-los de sua residência, através dos diversos tipos de dedetização.

Antes que seja necessário medidas de combate, é possível tomar algumas medidas simples que ajudam a prevenir a presença das pragas urbanas nas residências. Veja abaixo algumas dicas:

• Não deixe lixo orgânico acumulado dentro de casa ou no quintal. Leve-os diariamente para que sejam recolhidos pelo serviço de coleta de lixo.

• Feche bem os vãos existentes debaixo de portas e ao redor das janelas, evitando assim que os insetos entrem por esses locais, especialmente durante a noite.

• As calhas dos telhados devem ser mantidas em bom estado de conservação, livres de resíduos e retenções de água.

• Mantenha as tampas de bueiros bem lacradas.

• Faça uma limpeza periódica na caixa d’água e esgoto, contratando serviços especializados.

• Jamais deixe sujeira acumulada, isso atrai dezenas de bichos indesejáveis.

• Não entulhe objetos, especialmente na área externa da casa, pois são locais ideais para que os insetos se escondam durante longos períodos, podendo causar contaminação e doenças.

• Lave as garrafas de bebidas e vasilhames reutilizáveis antes de armazená-los.

• Utilizar telas de proteção nas janelas, pois elas diminuem bastante o acesso dos insetos ao interior da residência.
Se o problema já estiver instalado, a única solução é contratar uma firma dedetizadora para eliminar os insetos e/ou roedores. É importante saber que para cada praga há uma forma de combate diferente, podendo variar o produto utilizado e a forma de aplicação. Há diferença ainda no tipo de veneno a ser usado em cada praga, e deve-se pedir para que a empresa faça a mistura do veneno na sua frente, para conferir e autenticidade do produto.

O tempo de uma dedetização depende do tamanho do ambiente, da infestação envolvida etc. Para exemplificar, um apartamento de 90m2, com baixa infestação, leva em média de 30 minutos a 1 hora. Em relação a periodicidade, condomínios e empresas precisam realizar a dedetização a cada 6 meses. Já em residências, indica-se que ela seja feita anualmente, mas isso pode variar muito de acordo com a necessidade e as condições do ambiente.

Para quem nunca contratou este tipo de serviço antes, uma boa opção é pedir a indicação de amigos e familiares que já passaram pela experiência. Eles certamente saberão lhe informar sobre a qualidade do serviço prestado pela dedetizadora e se recomendam o serviço para alguém ou não. Se não houver quem lhe indique uma dedetizadora, siga essas dicas antes de contratar o serviço:

• Verifique se a empresa tem alvará de funcionamento, se é totalmente legalizada e se utiliza produtos registrados e autorizados pelo Ministério da Saúde.

• Solicite vários orçamentos antes de fechar com alguma empresa de dedetização.

• Desconfie de preços muito abaixo do mercado, pois normalmente nesses casos são utilizados venenos de má qualidade, que não apresentam bons resultados e boa durabilidade, além de serem mais tóxicos aos humanos.

• Leve em consideração a tradição da empresa: o tempo no mercado e a experiência no ramo são bons indicadores de um serviço de qualidade.

• Verifique se os profissionais que farão a dedetização são qualificados para executar o serviço.

• Consulte órgãos públicos ou condomínios que você conheça para ter indicações de empresas de qualidade e confiança.

• Pesquise em sites de reclamação na internet se há muitos consumidores insatisfeitos com o serviço da empresa que você está pensando em contratar. Se tiver, leia com atenção os problemas que eles tiveram e leve-os em consideração antes de assinar o contrato.

• Verifique a especialidade da empresa: algumas são ótimas em dedetizações contra ratos, já outras são referência na dedetização contra baratas ou cupins. Veja qual delas poderá resolver melhor o seu problema.

• Dê preferência para empresas que utilizam produtos sem cheiro e antialérgicos.

• Antes de assinar o contrato, peça para a dedetizadora um orçamento fechado e detalhado, com o valor total do serviço e os locais de aplicação do veneno.

• Informe-se se a empresa oferece garantia de dedetização. As de boa qualidade costumam oferecer essa garantia por, no mínimo, 3 meses, refazendo o serviço caso seja necessário.

Para maiores informações sobre o assunto, acesse o site Dedetização Etc.

Siga essas dicas, contrate uma boa empresa dedetizadora e mantenha sua casa longe das pragas urbanas nesse verão!

Comentários