Cuide do seu ar condicionado também no inverno


abril 29, 2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Dicas,Saúde



A limpeza periódica e a manutenção preventiva do ar condicionado evita problemas futuros, garante o bom desempenho do equipamento e mantém a qualidade do ar que você e sua família respiram.

Realizar a manutenção periódica do seu ar condicionado é fundamental, mesmo durante os meses de inverno. Esse cuidado previne uma série de problemas e evita acúmulo de sujeira, mau cheiro, gotejamento excessivo e pouco resfriamento, garantindo uma maior vida útil do seu aparelho, seja um modelo Split ou um ar condicionado de janela.

A manutenção do aparelho começa com a limpeza frequente dos filtros, que deve ser realizada de quinze em quinze dias ou uma vez por mês. Isso vai evitar a proliferação de impurezas, bactérias, fungos e ácaros presentes na poeira acumulada no interior do aparelho.

Já a manutenção preventiva, mais aprofundada, deve ser realizada por um técnico credenciado a cada seis meses ou uma vez por ano, dependendo da quantidade de tempo de utilização.

Na manutenção preventiva é realizada uma limpeza profunda e testes de verificação por meio dos quais o técnico vai observar se o aparelho está funcionamento adequadamente, e também verificar prováveis falhas, peças soltas ou danificadas que possam prejudicar o ar condicionado. Nesse caso, é fundamental solicitar o trabalho de um profissional credenciado da marca do equipamento, especialmente no caso de aparelhos que ainda estejam dentro da garantia (incluindo garantias estendidas contratadas).

Problemas que podem ser evitados com a manutenção preventiva do ar condicionado

  • Obstrução de filtros, turbinas, canos e serpentinas;
  • Congelamento de serpentinas, o que bloqueia o fluxo do ar frio;
  • Falhas no funcionamento de bobinas e compressores;
  • Problemas de saúde como alergias, infecções, dores de cabeça, problemas de pele e respiratórios;
  • Corrosão de peças metálicas internas por ferrugem;
  • Maiores gastos com luz (aparelhos sujos e obstruídos acabam por forçar mais o compressor, exigindo mais energia para resfriar o cômodo);
  • Níveis mais baixos de resfriamento do ambiente, já que o ar condicionado perde potência;
  • Aumento dos ruídos produzidos durante o funcionamento.

O acúmulo de sujeira e poeira acaba funcionando como uma espécie de “isolante” térmico que diminui a capacidade de operação do aparelho, bloqueando a passagem do ar frio e exigindo mais força e energia para o resfriamento do ar e do ambiente. O maior benefício da manutenção frequente é a garantia da eficiência do funcionamento do ar condicionado, o que evita maiores gastos com consertos e problemas mais graves no futuro.

Limpando seu ar: passo a passo

É possível realizar a limpeza do seu ar condicionado em casa. A higienização deve ser periódica, feita de 15 em 15 dias, e não dispensa a manutenção preventiva realizada por um profissional adequado. É fundamental realizar a limpeza com aparelho desligado, e a tomada desconectada do plugue. Partes externas devem ser limpas com um pano úmido. Já controles remotos podem ser limpos com álcool, a fim de remover bactérias e sujeira acumulada.

Ar Condicionado Modelo Split

Para esse modelo de ar condicionado, basta remover o painel frontal, limpando-o com um pano seco e macio. Em caso de excesso de sujeira, essa parte pode ser lavada com água morna.

Para a limpeza do filtro de ar interno, pode ser utilizado um aspirador de pó, ou detergente neutro dissolvido em água morna. Já o cooler deve ser limpo apenas com aspirador de pó.

Após a limpeza com água das peças, elas poderão ser recolocadas só depois de estarem totalmente secas.

Ar Condicionado de Janela (ou de parede)

Limpe com um pano macio e úmido (sem produtos químicos) toda a parte externa do aparelho, incluindo pás, grade frontal, escapamentos e painel de controle.

Para a limpeza do filtro, remova-o da parte interna. Poeiras mais leves podem ser removidas com aspirador de pó, e sujeiras mais pesadas podem ser retiradas após a lavagem com água e sabão neutro. Aguarde a secagem total e encaixe o filtro em seu local original.

Na realização dessa limpeza simples, alguns cuidados devem ser tomados: evite a utilização de produtos químicos abrasivos, e também água muito quente (acima de 40 graus), que podem danificar a estrutura dos filtros e as peças plásticas dos aparelhos.

Comentários