Algumas Dicas de Segurança para Residencias e Empresas


junho 1, 2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Policial



Dicas de Segurança para Residencias e Empresas…

A presença de um bom cão de guarda ainda é fator desestimulante à ação de marginais. 
-Alarme interligando a casa de parente ou vizinho confiável, é sempre eficaz. 
– Ao adentrar ou sair de sua garagem, observe o fechamento do portão eletrônico, pois os marginais se aproveitam para entrar sorrateiramente e posteriormente agir. 
– Ao retornar do trabalho ou das compras e notar alguma coisa estranha, como luz acesa, portas ou janelas abertas ou algum sinal suspeito não adentre a casa e comunique-se com a polícia o mais rápido possível. 
– Ao sair com a família para casa de amigos ou parentes próximos, devendo retornar no mesmo dia, avise seu vizinho e deixe um aparelho de rádio ou televisão ligado a médio volume, causando com isso a impressão de que alguém permaneceu em casa, muitas vezes ajudam. Alguns marginais já conhecem este truque. 
– Ao sair de casa e seu retorno estiver previsto para a noite, deixe a casa devidamente iluminada. 
– Ao sair deixe uma lâmpada acesa, mas tome cuidado, pois deixar continuamente as Lâmpadas acesas, é um sinal que evidencia a sua ausência. 
– Ao sair ou retornar para casa de carro ou a pé, observe antes ao redor, vendo alguma anormalidade não entre, procure dar outra volta e chamar a polícia. 
– Ao viajar, avise seu vizinho e de seu telefone para recados, caso não possa deixar uma pessoa conhecida como caseiro. 
– Ao viajar, comunique o fato a pessoa de sua inteira confiança. Se a ausência for prolongada, cancele serviços, contratados e encomendas com uma semana de antecedência. Combine com vizinhos a coleta de correspondência e das encomendas que não puderam ser canceladas. 
– Atenção a movimentos de pessoas e veículos suspeitos próximos à empresa. 
– Autorizar a entrada de pessoas na empresa somente após a identificação e contato com quem vai recebê-las. 
– Comunique a Polícia Militar, sobre qualquer pessoa com comportamento estranho, que esteja rondando sua residência ou empresa, sempre atento para as características que facilitarão sua localização pelos policiais militares, tais como: quanto a pessoa – cor, roupas, faixa etária, peso, se usa óculos ou barba, sinais particulares; quanto a veículo – marca, cor, placa, número de ocupantes e outros detalhes que facilitaram sua identificação, preste atenção, pois poderá ser assaltante. 
– Conheça os vizinhos, onde trabalha, seus atos, horários de saída e chegada, telefone, etc. Estabeleça um acordo mútuo com pelo menos dois deles no sentido de manter a residência sob vigilância, especialmente quando estiver fora. 
– Cuidado maior no dia de pagamento. 
– Desligar o sistema de gás de cozinha. 
– Estabeleça se possível algum código, com a utilização de algumas palavras, que lhe permitirá tomar conhecimento de um fato que esteja ocorrendo em sua residência. 
– Estabelecer uso de crachás diferenciados para funcionários e visitantes. 
– Exercer vigilância dos pontos sensíveis da empresa. 
– Exija referências sobre as pessoas que lhe prestam serviços como: doméstica, diarista, pedreiros, encanadores, vigias, carpinteiros, jardineiros, técnicos, etc. 
– Manter os portões fechados. 
– Muitos terrenos baldios com plantas e árvores podem servir para esconder marginais. 
– Na agência bancária, não abra a porta para clientes ou pessoas estranhas, antes do início ou término do expediente bancário, pois a facilidade de ocorrer um assalto é maior. 
– Não abra a porta para estranhos, exija identificação. 
– Não admita empregadas sem a devida identificação e informações necessárias e não se esqueça de que é ela, na maioria das vezes, que fica mais tempo em casa, portanto, oriente-a como proceder no caso de atender pessoas estranhas. 
– Não comente com pessoas estranhas que irá viajar. 
– Não deixe à vista das janelas objetos que despertem a atenção e dispersados no pátio de sua residência ou empresa. 
– Não deixe escadas ou outros objetos no quintal que facilitem o acesso ou saída de sua residência. 
– Não diga seu nome por telefone antes que a outra parte se identifique devidamente, tendo o cuidado de não dar informações ou pistas a pessoas mal intencionadas. 
– Não guarde dinheiro em casa. 
– Não permita que vendedores ambulantes ou pedintes adentrem na sua residência. 
– Oriente e treine os empregados e membros da família. 
– Oriente sua empregada para que não comente com estranhos ou outros empregados os bens que a família possui, assim como hábitos da família. 
– Portaria com controle rígido de pessoas e veículos. 
– Possuir cerca aramada e grades de ferro, pois os muros altos nem sempre são a solução, dificultam a visão de que passa na rua e que poderá prestar auxílio. 
– Procure formar uma comissão de vigilância comunitária para que haja observação mútua de residências. 
– Procure, na medida do possível, manter-se informado dos locais em que se encontram os membros da família, dando-lhes, por outro lado, ciência de onde se encontra. 
– Quando mudar para uma casa nova, troque a fechadura das portas. 
– Recolha sempre suas roupas do varal durante o período noturno, principalmente quando possuir varais externos. 
– Registrar nome e placa do veículo visitante. 
– Tenha sempre a mão telefones úteis (polícia, bombeiros, hospitais, escolas, trabalho, clubes e outros locais habitualmente frequentados pelos moradores de casa). 
– Tranque, olhe e ouça. 
– Utiliza equipamentos de segurança: muros, grades, cadeados, alarme, iluminação externa, vigias,, cães, etc., são prevenções interessantes. 
– Verificar se as portas, portões e janelas estão corretamente fechados. 

Comentários